Posts de Stephanie Cancado
30 de jan de 2016

Indicação de Livro: Crônicas Lunares

Olá pessoal, tudo bem? Faz tempo que não falo de livros aqui, eu já estava com saudades! *u*

Nesse início de ano, eu comecei a ler uma daquelas séries que estão sentadas na minha estante desde… sempre. Eu li o primeiro livro, li o segundo e já estou na metade do terceiro, em menos de uma semana! (temos aí a definição exata de vício *aplausos*)

A série que eu vou indicar aqui é a Crônicas Lunares da Marissa Meyer. O primeiro livro, Cinder, foi lançado em 2012 e desde então já cativou muitos booktubers pelo mundo. Foi impossível fechar os olhos para as milhões de resenhas e book hauls do último livro da série, Winter, lançado no ano passado.

Cada livro é um reconto de um famoso conto de fadas e todas as histórias se entrelaçam. Os livros tem personagens cativantes e com um mundo super-interessante, que mistura ficção científica com distopia, com muitos elementos dos contos de fadas. Temos pessoas morando na Lua, sob o comando da terrível Levana, uma doença que mata em menos de uma semana e ninguém sabe o motivo, além de poderes especiais dos moradores da Lua e os androids, naves espaciais e tudo mais.

Cinder conta a história de uma menina cyborg (humana com partes robóticas), que é a melhor mecânica da cidade e mora com sua madrasta e duas irmãs. Cinder não lembra dos eu passado e, em seu presente, é tratada com preconceito por ser o que é. A vida de Cinder começa a mudar quando o príncipe vem até ela para que ela concerte um android. Além disso, um de seus parentes é atacado pela temível doença que assola o mundo inteiro.

A série é composta de 4 livros: Cinder (reconto da Cinderela), Scarlet (reconto da Chapeuzinho Vermelho), Cress (reconto da Rapunzel) e Winter (reconto da Branca de Neve), fora os dois livros extras: Fairest (contando as história da vilã da série) e Stars Above (livros de contos, já publicados em ebook).

Aqui no Brasil, já temos o Cinder, Scarlet e o Cress e espero que a Editora Rocco lance logo o Winter *u*

Espero que tenham gostado!

Beijos!

Postado por Stephanie Cancado

Engenheira, viajante, leitora compulsiva, sonhadora, amante de fotografia e dona do Avec Snow. Possui uma lista de livros para serem lidos que nunca vai acabar e acredita que nenhum lugar do mundo é longe demais para se visitar. No fim das contas, é apenas uma garota com uma câmera e uma mochila cheia de livros.
23 de dez de 2015

Filmes para assistir em família nesse Natal

Eu sei que para muitos, Natal é uma época de família. Eu pensei em indicar filmes de Natal, mas falando sério, já estamos com listas enormes de indicações e, nem sempre os filmes de Natal agradam tanto (ainda mais que o Natal dos filmes é bem diferente do nosso, né? Trocava esse calor por uma neve a qualquer hora *u* ).

Hoje, eu vim indicar filmes que me lembram a família e como ela é importante, seja uma família composta de pais e irmãos ou de amigos, que são como os irmãos que a gente escolhe ♥. Como sou apaixonada por desenhos animados, todos os filmes são animações. Mas não se enganem, porque os filmes não agradam só as crianças, mas os adultos também. ;)

A Família do Futuro

Esse filme é um daqueles filmes da Disney que não são super conhecidos, mas deveriam ser. Ele é engraçado e passa uma mensagem no final (que é bem surpreendente!). Uma curiosidade sobre esse filme: ele é baseado em um livro infantil de mesmo nome, do escritor William Joyce (o mesmo que inventou os personagens do filme A Origem dos Guardiões).

Ele conta a história de um menino órfão, que é um inventor, chamado Lewis. Mesmo depois de milhões de entrevistas, ele parece não achar a família certa para adotá-lo. Ao ser convidado para uma feira de ciências na escola, ele decide inventar um escaner de memória para achar sua mãe verdadeira. Em meio a várias coisas inesperadas, ele encontra Wilbur, que veio do futuro para proteger a invenção de Lewis. Uma pequena dica? Temos, sim, viagem no tempo envolvido nesse filme ♥

A Canção do Oceano

Esse filme tem um visual lindo e, apesar de ter concorrido ao Oscar (perdeu para o Operação Big Hero 6, que também é um filme sensacional *u* ), quase não vejo gente falando dele. Apesar disso, é muito aclamado pela crítica.

Esse filme mostra a história dos irmãos Ben e Saoirse, que moram em uma região muito isolada, com o seu pai, que sofre de depressão. Quando os dois são mandados para morar com a avó, Ben decide voltar sozinho e acaba se envolvendo em uma aventura com sua irmã para salvar o mundo dos espíritos e outros seres mágicos.

Meu Amigo Totoro

Eu passei um bom tempo pensando qual dos filmes do Studio Ghibli (o mesmo estúdio de A Viagem de Chihiro) indicar aqui. Eu amo todos os filmes que eles lançam e todos tem um toque de magia inexplicável. Então, decidi indicar a animação símbolo do estúdio, que marcou a minha infância e, até hoje, considero um dos melhores filmes que já vi.

Esse filme conta como as duas irmãs, Mei e Satsuki, conhecem o espírito protetor da floresta Totoro, após se mudarem para o interior do Japão, com o pai, para ficar mais perto da mãe, que está internada. Ao desenrolar da história, vemos uma linda amizade entre esse espírito e as meninas, além de muita magia, claro.

Crianças Lobo

O último filme que eu vou indicar é bem o motivo desse post. No último Natal, aqui em casa, esse foi o filme que assistimos e ele é simplesmente encantador. Eu diria que é um ótimo filme para o dia das mães, também ♥

O filme ocorre ao longo de 13 anos e nos mostra como Hana, uma estudante universitária, se apaixona por um lobisomem. O casal tem dois filhos, a Yuki e o Ame, e os quatro viviam tranquilamente até que o o pai morre e as crianças começam a despertar a atenção dos vizinhos ao se transformarem em lobos. Com isso, Hana decide ir para o interior do país.


Bom, espero que tenham gostado das indicações! Quais filmes vocês me indicam para esse feriado?

Beijos e Feliz Natal ♥

Postado por Stephanie Cancado

Engenheira, viajante, leitora compulsiva, sonhadora, amante de fotografia e dona do Avec Snow. Possui uma lista de livros para serem lidos que nunca vai acabar e acredita que nenhum lugar do mundo é longe demais para se visitar. No fim das contas, é apenas uma garota com uma câmera e uma mochila cheia de livros.
Página 2 de 512345