Categoria "HTML e Tutoriais"
09 de nov de 2015

Conheça o Painel do WordPress

Oi, gente! Tudo bem com vocês? Hoje minha intenção é apresentá-las ao WordPress, então vocês que estão pensando em migrar poderão fazer isso sem medo porque já estarão entendendo como funciona as funções básicas. (Lembrando que nesse post eu não vou me aprofundar em como funcionam as funções, irei apenas mostrar como funciona o painel e o que tem nele).

painelwp

1. Painel

painelNa lateral do WordPress temos uma menu com todas as funções do WP e essas funções são divididas com submenus. Os submenus encontrados em Painel são: Início e Atualizações.

A página de Início é a primeira página que aparece quando você loga no WordPress. Nela você encontra alguns links para aprender a plataforma e há algumas caixas com informações do blog (quantidade de comentários, posts, etc…) e possíveis plugins. Por exemplo, no meu blog tenho o plugin Count Per Day, se eu quiser, eu posso ver o total e a média de visitas por dia logo na primeira página

2. Posts

posts Os submenus encontrados em Posts são: Todos os Posts, Adicionar Novo (post), Categorias e Tags.

Diferente do Blogger, as Tags e Categorias do WP são coisas diferentes e você deve aprender a usá-las muito bem para que seu blog fique organizado para o leitor. Vou tentar explicar de forma bem prática, tá bom? Se você for postar uma resenha de um filme, você cria uma categoria chamada “Resenha”. Nessa categoria você deve colocar todos os posts de resenhas que você quiser, seja de filmes, séries, livros e de preferência escolha apenas uma categoria para o seu post… Nas Tags vocês pode colocar muitas categorias, nelas você especifica resenha sobre o que é, o gênero do filme e coisas assim, por exemplo: “Filmes, Comédia Romântica, Amor, Casal”.

3. Mídia

Midia Os submenus encontrados em Mídia são: Biblioteca e Adicionar Nova (mídia).

Em Biblioteca você encontra todas as mídias que você tem no seu blog, quando você adiciona uma imagem direto da página de criação de post, essa imagem automaticamente é enviada para a Biblioteca.

4. Páginas

paginas Os submenus encontrados em Páginas são: Todas as Páginas e Adicionar Nova (página).

As páginas você cria para colocar coisas como “Sobre”, “Contato” e “Blogroll”. Quando você cria uma página, um link é gerado (dependendo da configuração de links do seu WP) e você pode linkar essa página no seu menu, sidebar ou em qualquer outro lugar!

5. Comentários

Comentarios Não há submenus em Comentários. Nesta área há todos os comentários do seu blog, de todos os posts.

6. Aparência

Aparência Os submenus encontrados em Aparência são: Temas,  Personalizar, Widgets, Menus e Editor.

Em Temas você encontra todos os temas que estão disponíveis para serem ativados, além de poder baixar seu tema diretamente por lá (é só tê-lo salvo em formato .zip).

Em Personalizar, você pode fazer algumas alterações no tema sem necessitar mexer em códigos; essa página depende muito de como seu tema foi criado, há temas que essa área não é muito personalizável.

Em Widgets você consegue adicionar algumas coisas na sidebar, por exemplo. Já tem alguns widgets prontos e outros você pode baixar com plugins, então é só arrastar para a caixa correspondente à sidebar e ele aparecerá no tema, sem precisar mexer em códigos também.

Em Menus você consegue alterar o menu do seu blog, mas esse submenu funciona como o Personalizar, depende do seu tema e do que ele suporta.

Em Editor, você tem acesso ao código dos temas e pode editá-lo conforme deseja.

7. Plugins

PluginsOs submenus encontrados em Plugins são: Plugins Instalados, Adicionar Novo (plugin) e Editor.

No submenu Plugins Instalados você pode ver todos os seus plugins ativos e inativos, ver um resuminho de cada um e, dependendo do plugin, ver algumas configurações.

8. Usuários

usuarios Os submenus encontrados em Usuários são: Todos os Usuários, Adicionar Novo (usuários) e Seu Perfil.

Os usuários podem ser criados com diferentes hierarquias, depois de criados, têm a opção de alterar suas informações no submenu Seu Perfil. Ao instalar o WordPress, um usuário é criado, no caso, o seu, hahaha! :)

9. Ferramentas

ferramentas Os submenus encontrados em Ferramentas são: Disponíveis, Importar e Exportar.

Essa parte do menu eu nunca tinha usado até ter que fazer esse post e foi lindo descobrir que o WordPress tem essa função. Em Disponíveis você tem acesso há algumas ferramentas que facilitam sua vida e são explicadinhas sobre como usá-las. Tem uma chamada Conversor de Tags e Categorias, e ela faz o que o próprio nome já diz, lindo, né? Ótimo pra quem acaba de migrar do Blogger para o WP, assim como tudo do Blogger vem como Tag, você pode converter as que você quiser em Categorias (como eu não sabia disso, gente?!).

10. Configurações

Config Os submenus encontrados em Configurações são: Geral, Escrita, Leitura, Discussão, Mídia, Links Permanentes.

Basicamente, essa parte é pra configurar as partes mais “técnicas”. Por exemplo, se você cria uma página nova, o link é mais ou menos assim: http://seublog.com/?p=123. Em Links Permanentes você consegue mudar esse Padrão e colocar o link para ser gerado de outra forma, tipo por título. Vamos supor que o nome da sua página é “contato”, o link gerado será: http://seublog.com/contato.

Enfim, cada submenu é responsável por uma parte do blog e tem muitas opções como: formato de data, título do site, número de posts por página e assim vai…

Ps.: Alguns plugins, quando ativados, aparecem na lateral do WP, seja como um item do menu ou como submenu (a primeira imagem do menu Painel mostra um exemplo).


Acho que é isso por hoje! Espero que seja muito útil pra vocês esse post. Prometo que assim que eu entrar de férias, eu trarei posts mais sobre html mesmo para que seja útil não só para quem tem WP, afinal, eu sou #teamWP, mas não tenho nada contra os meus migos from Blogger!

Se tiverem dicas de posts, opiniões ou só quiserem deixar um ‘Oi’, basta usar os comentários que eu também vou tentar ser mais rápida para respondê-las (não estou acostumada a não receber notificação de novos comentários, hahaha). Qualquer coisa, podem me procurar pelas minhas redes sociais também e logo menos no meu blog quando eu terminar o layout dele! Beijos! <3

Postado por Marcela Magossi

Apesar da carinha de 15, tem 20 anos, cursa Sistemas de Informação na Unicamp e pretende ser Presidente do Brasil. Expõe todos os seus sonhos no seu blog, Lances para sonhar, e compartilha aqui tudo o que ela aprende sobre html e design gráfico durante suas madrugadas regadas por café, chocolate e Coca-Cola.
09 de out de 2015

Como migrar seu conteúdo do Blogger para o WordPress

Oi, gente! Como vocês estão? Para quem não sabe, eu trabalho com o desenvolvimento de layouts para WordPress e há um tempo tive um desafio: uma cliente queria passar todos os posts que estavam no Blogger para o WordPress. Eu sabia que era possível, mas nunca tinha feito isso sozinha, tive vários problemas, sofri pra conseguir fazer dar certo, mas no fim deu e aproveitei tudo isso para criar um tutorial pra vocês! Vamos lá!
migrar

1. Baixar o Plugin

Tutorial 01

Baixe o plugin Blogger Importer Extended e ative-o (quando o plugin estiver ativado, aparecerá “Desativar”, como pode-se observar pelo print). Feito isso, clique em Start!

O plugin não está funcionando. E agora?

Vale lembrar que os plugins podem não funcionar em determinadas versões ou terem algum problema; antes de eu testar esse plugin, testei outro que não funcionou, por isso, se o mesmo acontecer com você, tente usar outro plugin, lembrando sempre de ver as avaliações e tutoriais sobre ele na internet para que você não tenha problemas!

2. Logar no Blogger

Tutorial 02

Você será redirecionado para uma nova página, nela você clicará no botão “Ok, let’s go!

Tutorial 03

Abrirá uma página do Google para que você faça login na sua conta do Blogger e autorize a importação, clicando em Permitir. Tenha certeza de que a conta logada é a sua que corresponde ao seu blog.

3. Começar a importação

Tutorial 04

Você será redirecionado para uma nova página em que aparecerá todos os blogs que você tem disponível na sua conta; clique no que você quer fazer a importação dos posts e depois em Start Import“.

Tutorial 05

Pronto, a importação começará. Basta você esperar para que toda a importação seja feita!

Algumas considerações:

  • Se, por acaso, der algum erro durante a importação, ela continuará de onde parou.
  • Seja paciente, se o seu blog tiver muito conteúdo, a importação pode demorar muito.
  • Se sua internet ficar falhando, a importação também demorará pois ficará restabelecendo conexão toda hora.
  • As tags também são importadas, mas se você usava suas tags como categorias no Blogger, no WordPress elas continuarão sendo tags e todos os seus posts ficarão sem categorias, para adicionar categoria, você deverá fazer isso manualmente.

Qualquer dúvida, deixem nos comentários! Vocês podem deixar sugestões de tutoriais/resources pelos comentários ou ali na lateral do blog, tá bom? Espero que tenham gostado e que seja útil. Beijos! <3

Postado por Marcela Magossi

Apesar da carinha de 15, tem 20 anos, cursa Sistemas de Informação na Unicamp e pretende ser Presidente do Brasil. Expõe todos os seus sonhos no seu blog, Lances para sonhar, e compartilha aqui tudo o que ela aprende sobre html e design gráfico durante suas madrugadas regadas por café, chocolate e Coca-Cola.
Página 2 de 9123456789