Categoria "HTML e Tutoriais"
10 de jul de 2015

Por que ter um blog responsivo?

Quem aí já ouviu falar na palavra “responsivo”? Hoje em dia muitos blogs já aderiram aos layouts responsivos e se você ainda não se inclui nessa lista, eu vim aqui para te apresentar ao mundo responsivo e te convencer dos porquês de ter um blog assim. Para que vocês entendam, vou tentar explicar da forma mais fácil possível para nós, meros mortais, ok? :)
caparesponsivo

O que é um layout responsivo?

Então, comecem diminuindo a tela do Coisas de Blogueiras ou abrindo diretamente do seu smartphone (e se já estiver no smartphone, compare com a forma como aparece no computador). Vocês repararam que em cada tamanho de tela o blog aparece de uma forma diferente?

Sabem por que isso acontece? Porque o layout do Coisas de Blogueira é responsivo! Isso significa que em qualquer lugar onde ele for aberto, seu layout se adaptará ao tamanho da tela. Se você usar um celular para navegar no blog, seu layout será exibido com a sidebar, que normalmente fica ao lado, lá embaixo de todos os posts. Tudo se adapta à tela, desde as fontes até as imagens!

Quais são as vantagens?

A experiência que o usuário tem com o layout responsivo é muito melhor. Pode parecer coisa boba, mas só o fato de você tornar o seu blog agradável aos seus leitores na hora de ler e navegar, já é alguma coisa e, pra mim que também sou leitora, faz total diferença. Além disso, você não precisará criar um endereço que redirecione quando seu blog for acessado em uma versão mobile, o layout responsivo já faz isso pra você “automaticamente”.

É fácil criar um layout responsivo sozinho? Quanto custa?

Quando os blogs responsivos começaram a ser criados, eu logo quis aprender para deixar o meu assim. Um amigo disse que era fácil, eu acreditei. Quando fui criar (usando Bootstrap – que é assunto para um futuro post), acabei achando um bicho de sete-cabeças. Achei que nunca conseguiria terminar aquilo. Depois que eu terminei e comecei a entender de fato o que eu havia feito, tudo começou a fazer sentido e ficar extremamente mais fácil. Ou seja, fácil pode não ser no começo, mas se você já tem um conhecimento na área de html/css, impossível não é.

Se você não tem conhecimento ou não quer aprender a fazer, hoje muitas web designers já trabalham com esse tipo de layout e você pode comprá-los. O preço varia de designer para designer, mas geralmente os layouts responsivos são cobrados um pouco mais caros por serem mais trabalhosos.

Marcela, você ainda não me convenceu.

Depois de explicar sobre o que é, as vantagens, dizer que não é impossível fazer o seu (e que já temos web designers que fazem todo o trabalho pra você$), se eu ainda não convenci vocês a terem um blog responsivo, se preparem: o Google pune desde Abril sites não responsivos.

Como assim? O Google agora dá mais relevância para os layouts que são responsivos nos resultados de buscas, então, se o seu blog não tem um layout responsivo, quando alguém pesquisar algo que poderia aparecer seu blog nos resultados, o Google vai preferir por mostrar um blog que tenha um layout responsivo e nós não queremos isso, não é mesmo? Queremos que nossos blogs apareçam nos resultados, de preferência, em primeiro lugar.

E como saber se meu layout está responsivo?

Você pode confirmar se seu blog está com layout responsivo pelo Teste de Compatibilidade com Dispositivos Móveis. Esse teste irá dizer se seu blog é ou não responsivo, se ele for aparecerá a seguinte mensagem:
googleok


Bom, é isso! Vou tentar trazer alguns tutoriais pra ajudar vocês. O que vocês acham? Deixem ali ao lado, na sidebar, que posts vocês querem! Se tiverem alguma dúvida sobre isso, podem deixar nos comentários que eu tentarei responder o mais rápido possível! Beijooos! :*

Postado por Marcela Magossi

Apesar da carinha de 15, tem 20 anos, cursa Sistemas de Informação na Unicamp e pretende ser Presidente do Brasil. Expõe todos os seus sonhos no seu blog, Lances para sonhar, e compartilha aqui tudo o que ela aprende sobre html e design gráfico durante suas madrugadas regadas por café, chocolate e Coca-Cola.
15 de jun de 2015

Photoshop: Colorização e ajustes em fotos

Hoje eu vou falar um pouco sobre colorização de fotos. Mas o que é isso, afinal? É uma série de efeitos de cores e luz que faremos nas fotos para que elas melhorem de qualidade, para mudar um pouco o visual ou adicionar certos efeitos. Comentarei o básico sobre o que cada ferramenta faz e darei algumas dicas sobre como fazer alguns desses efeitos usando ajustes de camada no Photoshop.

Recomendo que usem a versão CS6 ou mais atualizada, mas se não encontrarem não tem problema, as versões anteriores tem uma boa parte das ferramentas que usaremos. Meu Photoshop é em inglês desde sempre e vou colocar os comandos Português entre parênteses, mas eu posso acabar errando algo, então se apoiem nas imagens. Para encontrar os ajustes de camada no Photoshop basta em Layer (Camada) > New Adjustment Layer (Nova camada de ajuste).

Photoshop: Ajustes de Camada

Veja que quando passamos o mouse em New Adjustment Layer, abrirá um leque de efeitos que poderão ser aplicados as suas fotos. Explicarei um pouco sobre cada um deles e o que eles podem fazer com a sua foto, mostrando exemplos.

Brighness / Contrast (Brilho / Contraste)

Adicionará brilho e ou contraste de cores na sua foto. Quanto maior o número do brilho, mais clara a sua imagem ficará, e no caso do contraste, mais fortes as cores da sua foto ficarão. Se você diminuir os números, o contrário ocorre. É possível testar os efeitos arrastando as setinhas marcadas em vermelho para a direita ou esquerda, o efeito já aparecerá na sua foto, se não gostar, basta voltá-las para onde estavam. Não existe um botão de ‘ok’ para você terminar a sua edição, basta fechar a janelinha quando você achar que já está tudo certo. Veja o print abaixo.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira

Levels (Níveis)

Permite que você ajuste as tonalidades da sua foto variando tons escuros, médios e cinzas. Cada setinha do painel representa um ajuste diferente que você pode fazer, veja abaixo.

Fotos por: Patrícia Dibona.

Foto por: Patricia Dibona.

É possível alterar separadamente as tonalidades das cores vermelho, verde e azul, o nosso famoso RGB (Red, Green, Blue). Basta clicar em RGB ali na janelinha e trocar para a cor que quer editar. Aqui eu falei o básico do que essa ferramenta pode fazer, explore bastante, existem muitos efeitos legais que podemos fazer com os níveis.

Curves (Curvas)

A função das curvas é parecida com a do níveis. Você utilizará esse ajuste para alterar a tonalidade das cores da sua foto, das sombras para as luzes, basicamente clarear e escurecer. A diferença é que com os níveis você só tinha três possibilidades para alterar (tons escuros, médios e cinzas ), com as curvas você pode mexer em todas as cores da foto ao mesmo tempo.

Foto por Camila Martins Oliveira

Foto por Camila Martins Oliveira

Exposure (Exposição)

A exposição ira mexer com os pontos mais claros da imagem, sem que isso afete os escuros e vice versa. Essa ferramenta é útil em paisagens ou quando você quer clarear certos pontos da imagem apenas. Basta mexer as setinhas e ajustar como você quer o efeito na sua foto.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira

Vibrance (Vibratibilidade)

Altera a vibratibilidade e saturação das cores. Quanto mais você aumenta o valores, mais saturadas ficam as cores e vice versa, chegando até o preto e branco. Tentei tirar um pouco da saturação um pouco a foto da bonequinha abaixo para vocês verem o efeito de “perder as cores”.

Foto por: Patricia Dibona.

Foto por: Patricia Dibona.

Hue / Saturation (Matiz / Saturação)

Permite que você ajuste a saturação e brilho de um grupo bastante específico de cores separadamente ou todas ao mesmo tempo. As possibilidades de efeito desta ferramenta são muitas. Agora, não temos apenas o RBG, mas também magenta, amarelo e cianos (azul mais claro). No print abaixo, na segunda linha de fotos, mostro como editei apenas a cor da roupinha do bebê selecionando apenas a saturação dos cianos.

Foto por: Jéssica Soares

Foto por: Jéssica Soares

Color Balance (Equilíbrio de Cores)

Muda a mistura de cores em uma imagem, destacando certos tons. É um dos meus efeitos preferidos, você pode azular, esverdear, avermelhar a foto ou tudo ao mesmo tempo, nas sombras (shadows), nas cores principais (midtones – o que está no exemplo abaixo), nos pontos onde a luz é mais clara (highlights), para alterar, basta clicar ali onde está escrito midtones e escolher quais tons quer editar.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Black and White (Preto e branco)

Aquela escala de cinza básica que chamamos de preto e branco e mais algumas opções focando em certas tonalidades da foto. Por exemplo um preto e branco mais escuro ou mais iluminado. Abaixo, mostro os resultados de alguns os tipos de preto e branco que você pode aplicar a sua foto. Podemos ver que existem efeitos que não caem muito bem dependendo do tipo de luz e cores que a sua foto tem.

Foto por: Virgínia Gaya Cabido

Foto por: Virgínia Gaya Cabido

Photo Filter (Filtro)

Reúne alguns filtros de cor, ou seja, basicamente é como se você jogasse uma camada fina de algum papel colorido e transparente por cima da sua câmera, antes de você tirar a foto. É possível ajustar a intensidade.

Foto por: Day Cunha Leonel

Foto por: Day Cunha Leonel

Channel Mixer (Misturador de cores)

Este ajuste é usado para alterar as intensidades das misturas cores, normalmente em imagens em preto e branco para ajustar pontos onde a qualidade fica ruim, como lá em cima, onde algumas imagens não ficaram legais pela aplicação do efeito.

Foto por: Day Cunha Leonel

Foto por: Day Cunha Leonel

Color Lookup (Busca de cores)

Constitui em um conjunto de efeitos já prontos que o Photoshop disponibiliza, você pode baixar novos e adicionar a sua galeria. É basicamente abrir e usar, então deixo com você a parte do testar.

Invert (Inverter)

A ferramenta mais simples que existe, o inversor de cores, existe em todos editores, desde o paint até o Photoshop.

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Camylla Abreu

Posterize (Posterizar)

É uma maneira de ajustar o número de tons de cores de uma foto. Em todas as fotos que testei, ele reduz drasticamente a qualidade das mesmas, isso ocorre porque a quantidade de cores que você tem disponível para a foto é diminuída.

Threshold (Limiar)

Esta ferramenta transforma a sua foto em uma foto de duas cores literalmente: preto e branco. De acordo com o nível das cores que você escolher ele irá transformar os tons escuros em preto e os claros em branco.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Gradient Map (Mapa degradê)

Irá mapear a imagem em tons de cinza e aplicar o degradê colorindo-a. O Photoshop já oferece alguns degradês prontos, mas você pode encontrar mais pesquisando um pouco na internet ou fazer os seus na hora de editar a foto. Existe outra forma mais “graciosa” de aplicar degradê na sua foto, que é indo em Layer (Camada) > New Fill Layer (Nova camada depreenchimento) > Gradient (Degradê). Usando esta ferramenta e mudando as opções de blendagem da camada, você fará efeitos de luz na sua foto, deixo para um próximo tutorial a explicação mais detalhada, mas nada te impede de ir lá e testar muito.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Selective Color (Cor seletiva)

Uma das ferramentas mais úteis do Photoshop, permite modificar separadamente os tons vermelho, verde, azul, cianos, magentas, amarelo, preto, branco e neutros de uma foto sem que eles afetem outras cores primárias. A segunda foto é a combinação de todos os efeitos, o que você pode fazer de uma vez só apenas clicando na setinha ao lado do nome da cor que você está editando e modificando ela. Todos os efeitos são aplicados juntos.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Bom, estes são os ajustes de camada básicos do Photoshop, agora basta usar a criatividade e testar todas as combinações de efeitos possíveis. Todos estes ajustes podem ser usados ao mesmo tempo em uma mesma imagem, criando efeitos profissionais. Fiz algumas edições com as fotos que mostrei nos exemplos aqui do post e deixei para vocês darem uma olhada nas possibilidades.

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira


Espero que vocês tenham gostado e mostrem pra gente as fotos que vocês editada, viu? Se tiverem alguma dúvida, podem deixar aqui nos comentários! :)

Obrigada as meninas da equipe por cederem as fotos.  3_3

Página 4 de 9123456789