Categoria "HTML e Tutoriais"
24 de fev de 2015

WordPress ou Blogger: qual é melhor?

Oi, bloggers! Esse é meu primeiro post aqui no CDB e eu estou imensamente feliz por fazer parte dessa equipe incrível *u* Para quem não me conhece, meu nome é Marcela (podem me chamar de Má), sou blogueira no Lances Para Sonhar e aqui eu vou postar na categoria HTML e Tutoriais. Espero que vocês gostem :)

wpblogger
Antes de responder qual a melhor plataforma para criar um blog, entre WordPress e Blogger, vamos reformular a pergunta: qual é melhor pra você? Sim, é importante deixar claro que tudo é uma questão de ponto de vista e o melhor pra mim, pode não ser melhor para outra pessoa. Nesse post, minha intenção é mostrar o lado bom e ruim das duas plataformas para que você tome a melhor decisão :)

(Eu irei focar no WordPress.org, se quiserem saber as diferenças entre o .org e .com, leiam esse post da Aninha).

Vantagens do WordPress

  • Software grátis: ao contrário do que muita gente pensa, o software do WP.org é totalmente grátis. A Aninha falou mais sobre isso aqui.
  • Plugins: uma das grandes vantagens do WP é a imensa quantidade de plugins disponíveis para baixar. São milhares (sim, milhares!) de plugins grátis.
  • Blogagem Coletiva: administradores, editores, autores e contribuidores são as opções que a plataforma nos dá para quem tem blogs com mais de um usuário. Cada uma dessas classificações traz com elas limitações. Por exemplo, os administradores têm liberdade de fazer o que quiserem na plataforma, enquanto os contribuidores só podem editar e excluir postagens…
  • Liberdade de customização: você pode customizar tanto seu layout, como a área administrativa do WP.
  • Temas grátis ou Premium: Há uma infinita quantidade de temas grátis ou pagos (premium) disponíveis para serem baixados e, diferente do que acontece no WP.com, você consegue editá-los facilmente e do jeitinho que você deseja.

Desvantagens do WordPress

  • Domínio e Hospedagem: se você quer usar o WP.org, necessariamente você terá que ter um domínio e uma hospedagem. Há opções de ter esses serviços de graça, mas caso você opte por pagar, você gastará, em média, R$30,00 por ano para o domínio e R$15,00 mensais para hospedagem.
  • Instalação do Software: apesar de não ser difícil, para quem não tem conhecimento nenhum, pode ser necessário uma ajudinha para instalar o WP.org. A Aninha tem um tutorial no blog pessoal dela (aqui) que pode ajudar quem quiser tentar instalar sozinho. Eu instalei o meu sozinha sem a ajuda de nenhum tutorial, então, acredito que vocês também consigam! :)
  • Customização: apesar de você ter total liberdade de customização, o WordPress exige uma noção que vai além de HTML e CSS. No começo é um pouco difícil, mas nada impossível! Por ser algo novo pode ser que dê um pouquinho de trabalho, mas só por isso mesmo…

Vantagens do Blogger

  • Seguro: por fazer parte dos servidores da Google, o Blogger é bem seguro. Muito mesmo! Dificilmente você encontrará alguém que foi hackeado.
  • Grátis: é totalmente grátis, você só gasta com ele se quiser.
  • Templates: há muitas opções de templates para ser baixados (gratuitamente ou comprados) na internet, além de que você customizar o seu.
  • Hospedagem grátis
  • Sem instalação

Desvantagens do Blogger

  • Limite de espaço: tem disponível 1GB para hospedagem de imagens, caso você necessite de mais espaço, você tem que “tercerizar” o serviço, ou seja, usar sites como o Picasa.
  • Domínio: se você quiser um domínio próprio, acabará tendo que desembolsar anualmente, em média, R$30,00. Se não, o domínio do seu blog será nome-do-seu-blog.blogspot.com.br. A maior desvantagem que eu vejo nisso é porque é muuuuuuito difícil encontrar um nome disponível. Se já é difícil encontrar quando você está pagando, imagina quando é de graça?
  • Sem plugins: apesar de ter alguns widgets disponíveis, você acaba limitado a usar apenas o que o Blogger oferece…
  • Direitos da Google: a empresa Google tem total liberdade para usar e distribuir o conteúdo do seu blog. Você pode ler mais sobre esses direitos aqui.

Depoimentos

Separei alguns depoimentos de blogueiras que também migraram tanto do WP para o Blogger, quanto do Blogger para WP, assim vocês podem ter mais de uma opinião sobre o assunto ;) (E já fica aqui registrado meu agradecimento especial a elas que se dispuseram a compartilhar suas experiências!)

marcelamagossi[WORDPRESS] Em 2008, eu ganhei de presente hospedagem e domínio com WordPress instalado (antes disso, só tinha tido contato com blog .zip.net). Ou seja, não tive muita opção além de: se quisesse usar, teria que aprender. E aprendi. Com o tempo, até tentei criar alguns layouts e me acostumar com a plataforma do Blogger, mas não rolou. Acredito que por eu ter tido um primeiro contato com WP, acabei de acostumando e “me fechando” para outras opções. Pessoalmente, eu prefiro o WordPress. Ele atende bem às minhas expectativas. Eu amo os plugins e as funcionalidades que o WP me oferece *u*

tatilucindo[BLOGGER > WORDPRESS] Eu migrei do Blogger para o WordPress em julho de 2014. O que incentivou minha mudança foi o fato de que as minhas fotos no Blogger não ficavam com a qualidade que eu queria. Eu tentava de tudo: mudava o formato, hospedava em outro site e incorporava, mas mesmo assim nunca ficava da maneira que eu desejava, com a qualidade real das fotos. Então, decidi que migraria para o WP e contrataria uma hospedagem. Meu blog é fotográfico, então eu precisava de espaço ilimitado pra arquivos. Não tive dificuldade nenhuma em migrar, o Nuvem Hospedagem fez tudo pra mim – e quando eu precisava fazer alguma coisa, eles me ensinavam direitinho e não teve erros. Acho que posso afirmar que logo no primeiro dia de plataforma nova, já me apaixonei com todas as forças pelo WordPress. Me identifiquei demais com a organização, é tudo simples e fácil. Hoje não tenho dificuldade alguma em deixar minhas fotos com a qualidade que eu quero, é só jogar no post que já está tudo perfeito. Também notei uma mudança imensa na hora de personalizar o blog no CSS, muitas vezes no Blogger eu passava horas tentando fazer um código – que estava corretamente escrito – funcionar direito, sendo que no WP se tudo estiver certinho ele funciona sem dificuldades ou bugs. Na minha opinião, foi a melhor mudança que já fiz na minha vida de blogueira.

Sem Título-2 copiar[BLOGGER > WORDPRESS > BLOGGER] Sempre fui amante do Blogger. Plataforma simples, qualquer leigo consegue usar, há milhares de layouts disponíveis e não precisa pagar nadinha para ter o seu blog no ar – exceto o domínio que é algo opcional, tem quem quer e nem é caro. Sempre me dei muito bem, inclusive aprendi a fazer layouts e eu mesma fazia os meus, trocando quase todo mês, haha. Mas aí dei a louca e mudei para o WP e foi de cara para o .org! Comprei uma hospedagem de R$ 15/mês e peguei um tema base da Aninha. Não fiquei um dia lá! Parei pra pensar melhor e vi que como o meu blog é pessoal, não tenho vontade de torná-lo profissional e não ganho um só centavo com ele, não valeria a pena eu pagar hospedagem (mesmo que barata) por algo que eu não usaria tanto – posto cerca de 3/4x por mês e olhe lá. Além disso, eu mudo de layout o tempo todo porque enjoo muito fácil e nesse quesito o WordPress não favorece tanto uma vez que os layouts free não me agradam e um do meu jeito sairia carérrimo! Não valeria a pena. Pra mim… Por eu não postar sempre, por eu enjoar da “roupa” do blog sempre e por ter o compromisso de todo mês pagar a hospedagem. Arrumei as minhas trouxas e fui de mala e cuia para o Blogger de novo.  Ele atende minhas necessidades, não pago nada e posso mudar de roupa quando eu quiser. Pra mim, WordPress não deu. É uma plataforma maravilhosa sim, mas para quem se encontra na minha situação, é melhor ficar no Blogger mesmo.

erika[BLOGGER > WORDPRESS] Fiquei 2 anos no Blogger, sempre que ia alterar o código html dava algum erro, ou era muito complicado, além de sentir falta de um visual mais profissional. Então meu namorado sugeriu que eu mudasse de plataforma e comprasse domínio. A primeira dificuldade que senti foi em migrar os comentários, pois no blogger usava o Disqus e o Facebook, mas com alguns tutoriais consegui recuperar todos eles. Com relação ao código, é usado php, então é preciso conhecer um pouco mais de programação. Cada área do blog é um arquivo individual em php, como por exemplo footer.php, onde você altera somente o rodapé do blog. Com relação aos erros, diminuiu bastante em vista do Blogger. Sendo assim o que mais gosto é a estabilidade e o visual.

alinebrito[BLOGGER > WORDPRESS] No início eu estranhei muito, a interface é muito diferente, e até posso dizer que o design do Blogger é mais bonito. Porém depois que acostumei com o WP, fiquei apaixonada, e aqueles plugins salvam vidas! kkkkkk A qualidade das imagens nos posts fica incrível, esse foi o principal motivo que me fez decidir mudar de plataforma. Acho que para quem tem uma graninha sobrando, vale muito a pena investir.

rafaellaribeiro[BLOGGER > WORDPRESS] Bom, migrei do Blogger pro WP.org porque o Blogger tem uma programação muito ruim de fazer, mais difícil que o WordPress. Eu programo em HTML e não sei nada de php, mas mesmo assim preferi mudar porque no Blogger tem que fazer muita gambiarra pras coisas darem certo e não tem como usar plugins. Outro fator é que o WP divide os posts por categorias e te dá a possibilidade de programar páginas diferentes baseadas em categorias, ele é muito flexível, dá pra fazer quase de tudo, kkk.


Conclusão

Se você quer algo mais profissional, o WordPress é a melhor opção. Agora, se o seu blog é algo mais pessoal, o Blogger pode atender bem às suas expectativas e você acaba não tendo que gastar tanto com isso, apenas se quiser com o domínio… Tem quem prefira o Blogger mesmo quando a intenção é ter um blog profissional e o WordPress quando a intenção é ter um blog pessoal (meu caso, hehehe) por isso, cabe a cada um experimentar as opções e ver qual delas é a melhor pra você (ou tirar essa conclusão a partir do que foi dito aqui no post, hahaha).

Espero ter esclarecido as dúvidas de vocês! Sintam-se à vontade para perguntar qualquer coisa sobre isso nos comentários e se vocês tiverem alguma sugestão de post sobre o assunto, na sidebar tem um espaço para dar o seu pitaco! ;) Beijos e até mais!

Postado por Marcela Magossi

Apesar da carinha de 15, tem 20 anos, cursa Sistemas de Informação na Unicamp e pretende ser Presidente do Brasil. Expõe todos os seus sonhos no seu blog, Lances para sonhar, e compartilha aqui tudo o que ela aprende sobre html e design gráfico durante suas madrugadas regadas por café, chocolate e Coca-Cola.
13 de fev de 2015

Qual a diferença entre o wordpress.com e .org?

Eis aqui uma dúvida que pega uma galera aqui e acho que seria ótimo ter um post bem esclarecedor sobre uma das maiores dúvidas da blogosfera — e também para abrir o primeiro post da nossa categoria de html e tutoriais daqui do blog! Se chegou aqui de pára-quedas, dê uma lidinha no nosso primeiro post para saber mais como funciona nosso projeto. E agora, vamos ao que interessa, néah? Quando se trata de wordpress, sempre surge aquela dúvida sobre o porque da existência de dois tipos de uso da plataforma. Por que há esta diferença? O wordpress é pago de verdade? Por que o .com é tão limitado? O que o .org oferece de diferente? Agora é a hora de tirar todas estas duas dúvidas!

Qual a diferença entre o wordpress.com e .org?

Antes de mais nada, WordPress.org e WordPress.com não são a mesma coisa, apesar de ambos serem o mesmo CMS (do inglês Content Management Systems, que significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo). O que acontece é que um já lhe fornece tudo pronto (o .com) e o outro lhe dá a opção de download do software para baixar e você ser livre para instala-lo o que quiser com ele.

Sobre o WordPress.com

Oferecido pela empresa Auttomatic, o wp.com é oferecimento de hospedagem que utiliza o software como plataforma de blogagem. Imagine como se fosse um blogger, no qual você o cria e já sai com um blog escrito meublog.blogspot.com no final. É praticamente o mesmo processo e contexto — só muda de plataforma e o final será meublog.wordpress.com, no caso. A partir do momento em que você faz a conta e coloca os dados básicos, o seu blog em wordpress já está pronto para receber conteúdo, seguir outros blogs wp.com, ter um ótimo painel de estatísticas etc.

É de graça?

Sim! É bom? Demais, e não tenho dúvidas disso! O porém é que ele é extremamente limitado no quesito de customização para conta free e muito caro se quer uma conta premium.

Por que é limitado?

Na conta free do wordpress.com nenhum layout premium vem incluso. Ou seja, o usuário precisa se virar nos 30 com os layouts free que vem por ali. Eles fornecem poucas opções de customização. Os premiums são melhorzinhos, mas você ainda sim fica limitado ao template. Ana, posso contratar um designer para fazer um layout para mim? Não, não pode. Posso mexer na programação dos temas frees de lá? Também não. Você fica à mercê da loja online e sem possibilidade alguma de um design próprio e contratado por um profissisonal ou feito por você. T.T E além de tudo isso ele só possui 3G de espaço. Quem posta muitas fotos consegue atingir o limite em poucos meses.

Por que é caro?

Muitas pessoas assinam a conta Premium na esperança de ter mais opções, mas ainda sim, se comparado ao wp.org, você pode sair no prejuízo. Por ano sai cerca de R$275 reais (US$99) no plano Premium, e este ainda não vem templates premium para te dar um pouco mais de liberdade — e precisam ser comprados à parte. O que você ganha é mais 10G de espaço, um domínio e mais algumas vantagens. Já na conta Business o negócio sai mais de R$800 (exatamente US$299) ao ano — e só assim você tem acesso aos templates premium à rodo, loja virtual e mais uma pancada de coisa.

Mas é necessário lembrar de uma coisa: O wordpress.com é maravilhoso para determinados tipos de usuários. Ele não é péssimo, muito menos ruim. Ele possui o melhor programa de gerenciador de conteúdo e é bastante seguro e você pode, sim, blogar normalmente nele!

A conta Business é maravilinda para empresas e a Premium é ótima para quem não se importa muito com uma identidade visual própria e um layout exclusivo. Blogs corporativos e institucionais usam bastante estes serviços. Mas somos blogueiros ultra-mega power criativos! Gostamos que tudo tenha a nossa carinha, né? :) É ai que entra o wordpress.org para maravilhar nossa vidinha blogueira, haha.

Sobre o WordPress.org

Ao contrário do wordpress.com onde o blog já vem pronto para receber conteúdo, o wordpress.org oferece o download do software. Ele não oferece nenhum tipo de hospedagem, nem login, nem nada! O wp.org oferece apenas o download e possui um diretório praticamente ilimitado de plugins e possui toda a documentação para quem for desenvolver um layout — o chamado Codex. E o melhor: você não depende mais da loja do wordpress e pode baixar e fazer upload do tema que quiser, inclusive contratar um designer para fazer o seu layout!

O bicho pega para vários blogueiros depois do download. Isso acontece porque muitos não têm ideia do fazer, já que é necessário correr atrás do que o wordpress.com já faria por nós: ter uma hospedagem e em seguida instalar a plataforma.

O wp.org é pago?

Não! Nunca foi e (espero que) nunca será. Se alguém te falou que o wordpress.org é pago essa pessoa está equivocada. O download é 100% gratuito, e você pode instalar todos os plugins que você quiser da galeria, além te entregar de bandeja listas de todas as tags de post. Como não amar?

O mito de que o wordpress.org é pago provém do uso da hospedagem. Muitos blogueiros optam por contratar uma hospedagem particular por ter servidores mais estáveis (ou seja, o risco do blog sair do ar é menor) e possui um melhor atendimento e pela equipe de suporte da hospedagem ajuda a resolver qualquer pepino que brota em seu blog se tiver a ver com servidor (ao contrário das frees, que nem sempre são boas devido à alta demanda).

É possível ter hospedagem de graça?

Sim, é possível! Segue abaixo uma lista de hospedagens grátis que suportam wordpress.

Dentre as que citei acima a Hostinger é a melhorzinha da lista. O painel é lindo, intuitivo, e é em português! Isso não é lindo? Mas caso você queira uma hospedagem particular de qualidade, recomendo estas empresas:

É obrigatório ter domínio?

Não. As próprias hospedagens free (e algumas particulares) oferecem o serviço de subdomínio onde você ganha um nome para o seu blog através de um domínio deles. O domínio é opcional e dependerá de sua necessidade com site e não passa de R$30 a R$40 anuais.

Como instalar?

Várias hospedagens oferecem no pacote de ferramentas de instalação de diversos softwares no site, e dentre eles o WP! E há também o método de instalação manual que é super fácil também. Inclusive eu já fiz um tutorial ensinando a instalar o WP usando a Hostinger como exemplo. Vale a pena conferir.


Conclusão

Sabemos agora das infinidades do wordpress.org e o que o .com tem a nos oferecer. Se você registrar um domínio e contratar hospedagem, você sabia que poderá ficar mais barato do que se fosse no wp.com na conta premium? Há hospedagens que não passam de R$10 ao mês e você possui muito mais espaço do que a conta premium do wordpress.com e mais benefícios. Contando R$10 mensais + R$30 de domínio você não passa dos R$150, ao contrario do .com que seria, no mínimo, R$270!

Talvez o que poderá pesar em seu bolso é a contratação de um designer para o layout, porque não há nada melhor do que ter nosso cantinho com nossa cara e com aquele toque profissional, né? Mas se não tem $$, não tem problema! Há inúmeros tutoriais sobre WP, inclusive temas bases para você começar a aprender a desenvolver. Eu aprendi WordPress assim! E eu mesma escrevo vários tutoriais sobre esta plataforma lá no meu blog e também disponibilizo um tema base para quem está iniciando.

Agora já sabe né? WordPress não tem nada daquele mimimi que imaginávamos. É só encontrar o caminho certo que você terá um blog lindão em wordpress, e tudo de uma forma bem acessível e praticamente ilimitada! *u*

Página 9 de 9123456789