01 de nov de 2015

Desmistificando a pós-produção de fotografias

“Isso aí é Photoshop!”. Tenho certeza de que em algum momento da sua vida você ouviu ou disse essa frase. O nosso editor tão amado é sempre o vilão na história da fotografia, condenado nas bocas do povo. A verdade é que não é bem assim que funciona… Por isso, vim aqui te ajudar a desconstruir essa ideia equivocada da pós-produção fotográfica.

Começando pela diferença básica entre edição e tratamento. Editar uma imagem significa manipular. Por exemplo: retirar espinhas da pele, celulites, manchas, tudo isso é edição, manipulação de imagens. Agora, o tratamento se refere a algo mais simples, como alterar as cores da imagem, iluminação, etc.

A ideia que quero passar através desse post é que “editar”, como todos dizem, não é uma coisa ruim que – acreditem, já ouvi gente dizendo isso! – desqualifica ou tira os méritos do fotógrafo. Essa etapa, como todas as outras, faz parte do processo criativo. Nem sempre é possível realizar a fotografia conforme ela foi imaginada.

Imagem sem tratamento

Imagem com tratamento

A edição está entre um dos recursos do fotógrafo para trazer sua ideia à realidade, até porque fotografia não é apenas a imagem em si, mas a sua relação com o contexto proposto. Por exemplo: imaginei a foto acima como um ambiente meio abandonado, antigo, só que ele não é. Ele é no meio do campus da universidade onde estudo, bem movimentado e é bem iluminado. Através da edição, utilizei os recursos do Photoshop pra dar esse aspecto que eu tinha imaginado (pelo ruído da imagem e pela falta de saturação das cores).

Tratar as imagens faz parte de fotografar. O fotógrafo tenta sempre chegar o mais próximo possível do resultado final no instante do clique, mas nem sempre é possível. É como num filme em que se maquiam os atores para dar vida às personagens.


Por fim, quero saber a opinião de vocês: o que pensam a respeito da pós-produção? São a favor, são contra? Acham que foto editada “não vale”? Contem nos comentários!

Postado por Dora Schmidt

Gaúcha, sagitariana, estudante de jornalismo, blogo no Parada Quinze. Amo fotografia (mais do que fotografar) e o impacto que ela é capaz de nos causar, marcando a sociedade e a história. Não abro mão da simplicidade de uma vida leve como Amélie Poulain e isso se reflete nas minhas fotografias.
15 de jun de 2015

Photoshop: Colorização e ajustes em fotos

Hoje eu vou falar um pouco sobre colorização de fotos. Mas o que é isso, afinal? É uma série de efeitos de cores e luz que faremos nas fotos para que elas melhorem de qualidade, para mudar um pouco o visual ou adicionar certos efeitos. Comentarei o básico sobre o que cada ferramenta faz e darei algumas dicas sobre como fazer alguns desses efeitos usando ajustes de camada no Photoshop.

Recomendo que usem a versão CS6 ou mais atualizada, mas se não encontrarem não tem problema, as versões anteriores tem uma boa parte das ferramentas que usaremos. Meu Photoshop é em inglês desde sempre e vou colocar os comandos Português entre parênteses, mas eu posso acabar errando algo, então se apoiem nas imagens. Para encontrar os ajustes de camada no Photoshop basta em Layer (Camada) > New Adjustment Layer (Nova camada de ajuste).

Photoshop: Ajustes de Camada

Veja que quando passamos o mouse em New Adjustment Layer, abrirá um leque de efeitos que poderão ser aplicados as suas fotos. Explicarei um pouco sobre cada um deles e o que eles podem fazer com a sua foto, mostrando exemplos.

Brighness / Contrast (Brilho / Contraste)

Adicionará brilho e ou contraste de cores na sua foto. Quanto maior o número do brilho, mais clara a sua imagem ficará, e no caso do contraste, mais fortes as cores da sua foto ficarão. Se você diminuir os números, o contrário ocorre. É possível testar os efeitos arrastando as setinhas marcadas em vermelho para a direita ou esquerda, o efeito já aparecerá na sua foto, se não gostar, basta voltá-las para onde estavam. Não existe um botão de ‘ok’ para você terminar a sua edição, basta fechar a janelinha quando você achar que já está tudo certo. Veja o print abaixo.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira

Levels (Níveis)

Permite que você ajuste as tonalidades da sua foto variando tons escuros, médios e cinzas. Cada setinha do painel representa um ajuste diferente que você pode fazer, veja abaixo.

Fotos por: Patrícia Dibona.

Foto por: Patricia Dibona.

É possível alterar separadamente as tonalidades das cores vermelho, verde e azul, o nosso famoso RGB (Red, Green, Blue). Basta clicar em RGB ali na janelinha e trocar para a cor que quer editar. Aqui eu falei o básico do que essa ferramenta pode fazer, explore bastante, existem muitos efeitos legais que podemos fazer com os níveis.

Curves (Curvas)

A função das curvas é parecida com a do níveis. Você utilizará esse ajuste para alterar a tonalidade das cores da sua foto, das sombras para as luzes, basicamente clarear e escurecer. A diferença é que com os níveis você só tinha três possibilidades para alterar (tons escuros, médios e cinzas ), com as curvas você pode mexer em todas as cores da foto ao mesmo tempo.

Foto por Camila Martins Oliveira

Foto por Camila Martins Oliveira

Exposure (Exposição)

A exposição ira mexer com os pontos mais claros da imagem, sem que isso afete os escuros e vice versa. Essa ferramenta é útil em paisagens ou quando você quer clarear certos pontos da imagem apenas. Basta mexer as setinhas e ajustar como você quer o efeito na sua foto.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira

Vibrance (Vibratibilidade)

Altera a vibratibilidade e saturação das cores. Quanto mais você aumenta o valores, mais saturadas ficam as cores e vice versa, chegando até o preto e branco. Tentei tirar um pouco da saturação um pouco a foto da bonequinha abaixo para vocês verem o efeito de “perder as cores”.

Foto por: Patricia Dibona.

Foto por: Patricia Dibona.

Hue / Saturation (Matiz / Saturação)

Permite que você ajuste a saturação e brilho de um grupo bastante específico de cores separadamente ou todas ao mesmo tempo. As possibilidades de efeito desta ferramenta são muitas. Agora, não temos apenas o RBG, mas também magenta, amarelo e cianos (azul mais claro). No print abaixo, na segunda linha de fotos, mostro como editei apenas a cor da roupinha do bebê selecionando apenas a saturação dos cianos.

Foto por: Jéssica Soares

Foto por: Jéssica Soares

Color Balance (Equilíbrio de Cores)

Muda a mistura de cores em uma imagem, destacando certos tons. É um dos meus efeitos preferidos, você pode azular, esverdear, avermelhar a foto ou tudo ao mesmo tempo, nas sombras (shadows), nas cores principais (midtones – o que está no exemplo abaixo), nos pontos onde a luz é mais clara (highlights), para alterar, basta clicar ali onde está escrito midtones e escolher quais tons quer editar.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Black and White (Preto e branco)

Aquela escala de cinza básica que chamamos de preto e branco e mais algumas opções focando em certas tonalidades da foto. Por exemplo um preto e branco mais escuro ou mais iluminado. Abaixo, mostro os resultados de alguns os tipos de preto e branco que você pode aplicar a sua foto. Podemos ver que existem efeitos que não caem muito bem dependendo do tipo de luz e cores que a sua foto tem.

Foto por: Virgínia Gaya Cabido

Foto por: Virgínia Gaya Cabido

Photo Filter (Filtro)

Reúne alguns filtros de cor, ou seja, basicamente é como se você jogasse uma camada fina de algum papel colorido e transparente por cima da sua câmera, antes de você tirar a foto. É possível ajustar a intensidade.

Foto por: Day Cunha Leonel

Foto por: Day Cunha Leonel

Channel Mixer (Misturador de cores)

Este ajuste é usado para alterar as intensidades das misturas cores, normalmente em imagens em preto e branco para ajustar pontos onde a qualidade fica ruim, como lá em cima, onde algumas imagens não ficaram legais pela aplicação do efeito.

Foto por: Day Cunha Leonel

Foto por: Day Cunha Leonel

Color Lookup (Busca de cores)

Constitui em um conjunto de efeitos já prontos que o Photoshop disponibiliza, você pode baixar novos e adicionar a sua galeria. É basicamente abrir e usar, então deixo com você a parte do testar.

Invert (Inverter)

A ferramenta mais simples que existe, o inversor de cores, existe em todos editores, desde o paint até o Photoshop.

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Camylla Abreu

Posterize (Posterizar)

É uma maneira de ajustar o número de tons de cores de uma foto. Em todas as fotos que testei, ele reduz drasticamente a qualidade das mesmas, isso ocorre porque a quantidade de cores que você tem disponível para a foto é diminuída.

Threshold (Limiar)

Esta ferramenta transforma a sua foto em uma foto de duas cores literalmente: preto e branco. De acordo com o nível das cores que você escolher ele irá transformar os tons escuros em preto e os claros em branco.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Gradient Map (Mapa degradê)

Irá mapear a imagem em tons de cinza e aplicar o degradê colorindo-a. O Photoshop já oferece alguns degradês prontos, mas você pode encontrar mais pesquisando um pouco na internet ou fazer os seus na hora de editar a foto. Existe outra forma mais “graciosa” de aplicar degradê na sua foto, que é indo em Layer (Camada) > New Fill Layer (Nova camada depreenchimento) > Gradient (Degradê). Usando esta ferramenta e mudando as opções de blendagem da camada, você fará efeitos de luz na sua foto, deixo para um próximo tutorial a explicação mais detalhada, mas nada te impede de ir lá e testar muito.

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Selective Color (Cor seletiva)

Uma das ferramentas mais úteis do Photoshop, permite modificar separadamente os tons vermelho, verde, azul, cianos, magentas, amarelo, preto, branco e neutros de uma foto sem que eles afetem outras cores primárias. A segunda foto é a combinação de todos os efeitos, o que você pode fazer de uma vez só apenas clicando na setinha ao lado do nome da cor que você está editando e modificando ela. Todos os efeitos são aplicados juntos.

Foto por: Camila Martins Oliveira

Bom, estes são os ajustes de camada básicos do Photoshop, agora basta usar a criatividade e testar todas as combinações de efeitos possíveis. Todos estes ajustes podem ser usados ao mesmo tempo em uma mesma imagem, criando efeitos profissionais. Fiz algumas edições com as fotos que mostrei nos exemplos aqui do post e deixei para vocês darem uma olhada nas possibilidades.

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Camylla Abreu

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Nayara Luiza

Foto por: Camila Martins Oliveira

Foto por: Camila Martins Oliveira


Espero que vocês tenham gostado e mostrem pra gente as fotos que vocês editada, viu? Se tiverem alguma dúvida, podem deixar aqui nos comentários! :)

Obrigada as meninas da equipe por cederem as fotos.  3_3