26 de out de 2015

Corte bordado – O que é e como fazer?

Olá pessoal!

No meu último post eu falei um pouquinho sobre algumas coisinhas que eu faço para fazer o meu cabelo crescer mais rápido. Hoje eu vou falar de uma técnica que tem ficado muito popular e que ajuda bastante a melhorar a aparência dos nossos fios: o corte bordado.

Nada mais bonito que um cabelo com aspecto saudável, porém nem sempre é fácil tê-lo com essa aparência. E as pontas duplas geralmente são o fator decisivo na hora de julgar se um cabelo está bonito ou não. Por isso, muitas mulheres procuram todos os dias por técnicas novas para resolver esse problema, seja por meio de produtos, como os serums, selagens, ou mesmo cortando o cabelo. Só que cortar o cabelo, apesar da óbvia melhora que trás para o fio, tem uma pequena desvantagem, que é a perda de comprimento.

Para acabar com esse problema, existe o corte bordado e agora eu vou explicar tudo sobre ele.

O que é corte bordado?

Esse tipo de corte é uma técnica bem antiga, mas que nos últimos tempos vem ficando cada dia mais famoso. O corte bordado consiste em simplesmente se desfazer das pontas duplas. Porém, para a alegria da mulherada ele foi criado com o intuito de cortas as pontas duplas, mas sem perder no comprimento do cabelo. Outra vantagem da técnica é que ao fazer o corte bordado você não se livra apenas das pontas duplas que existem no final do cabelo, mas também aquelas que se encontram distribuídas pelo resto do comprimento.

Como se faz o corte bordado?

Existem algumas técnicas diferentes para fazer esse corte. Manualmente existem duas opções, que são as mais populares. Na primeira, você torce uma mexa de cabelo com os dedos e com a tesoura vai cortando as pontas de cabelo que pelo comprimento do cabelo não se prenderam à mexa torcida. E na segunda opção, você prende a mecha entre três dedos, e da mesma forma que na anterior, corta as pontas que saírem da mecha.

Além das técnicas manuais, existe um aparelho chamado Split Ender que faz esse trabalho por você. O único problema dele é o preço, que aqui no Brasil está bem salgado. A marca passou a vender apenas o modelo profissional, que hoje está com um preço entre R$1700,00 e R$2000,00. Na minha opinião é um preço absurdo,já que dá pra fazer esse processo sem a máquina e não é muito difícil, apenas leva tempo.

Lembrando que apesar de ser uma técnica que não diminui o comprimento do cabelo, não é interessante fazer esse procedimento várias vezes em um espaço curto de tempo. O certo é dar uma pausa de 2 a 3 meses entre um corte e outro. 

Como eu sei que apenas com palavras fica complicado de entender todo o processo, eu separei um vídeo do YouTube que ensina a técnica, para que você possa fazer em casa.

E por último, um vídeo com o Split Ender sendo usado, para que vocês possam ver como é o processo e quão fácil é de se fazer!

Eu espero que vocês tenham gostado do post de hoje, e se tiverem qualquer dúvida ou até mesmo sugestão, não deixem de comentar! Então, e você, o que acha dessa técnica?



  • Ohara

    Em 26.10.2015

    Adorei o post! to tao feliz q vc voltou com teu blog, o por thais ribeiro*_-* voltando ao assunto, ate me animei pra cortar mais o cabelo kkkk. meu
    cabelo é mto rececado e tem muitas pontas duplas, então quando eu puder vou fazer.
    bjoooooos Tata!

    Responder

  • Thais Ribeiro

    outubro 26th, 2015

    @Ohara, Oi linda, hahaha voltei sim com o blog, mas ta puxado viu manter tudo. :P

    Eu tenho feito corte bordado no meu cabelo porque estou querendo deixar ele crescer e realmente estou vendo muitas melhoras. Só tomar cuidado ao fazer em casa. Mas é bem simples e prático!

    Beijos linda! Obrigada por me acompanhar, significa muito!!1 <3

    Responder

  • JULIANE CAMACHO MACIEL

    Em 26.10.2015

    Oii, tudo bem ? Adoorei! Acho super caro essa técnica pra fazer no salão, já que tem sido modinha, o pessoal tem exagerado nos preços e nunca pensei em fazer em casa (#medo hahaha), mas agora vou arriscar.

    Beijos Beijos ♥

    http://www.julianecamacho.com.br/

    Responder

  • Equipe CDB

    novembro 18th, 2015

    @JULIANE CAMACHO MACIEL, A técnica anda bem cara mesmo. Vale a pena tentar em casa, se não der, aí vale pensar pagar um pouco mais caro ou tentar de novo! rs Beijos

    Responder