Categoria "Comportamento"
21 de nov de 2015

Como ajudar alguém que está em depressão?

A depressão é um assunto muito complicado. Pra quem não sabe eu já tive depressão 2 vezes, uma no início da adolescência e, depois, quando perdi meu bebê… O que acontece é que quando estamos com depressão, muita gente quer ajudar, mas poucos sabem como e, nessas horas, trocar as mãos pelos pés é muito arriscado.

Se você está passando por um momento difícil desses, queria dizer que esse post não é voltado para você, mas que você pode – e deve – lê-lo até o fim para saber como lidar com seus amigos e ajudá-los a te ajudar! Sim, porque eles querem te ajudar, mas muitas vezes não sabem como, afinal de contas, o calo nunca aperta em quem não calça os nossos sapatos… Saber lidar com alguém que passa por um momento desses é difícil, por isso eu fiz esse post, pensando em ajudar as pessoas que querem ajudar quem precisa.

Não é besteira

Não importa se fulano amputou o pé e tá sorrindo, depressão não é besteira e não deve ser diminuída perto de nenhuma outra doença “pior”, sei que as vezes falamos isso com o intuito de animar quem amamos, mas o tiro pode sair pela culatra e fazer a pessoa se sentir pior ainda.
O sentimento que dá é algo do tipo: “Putz, ele tem razão, eu não devia estar assim, mas porque eu estou então? Eu sou uma inútil mesmo, não consigo nem ficar bem…” E isso pode fazer a pessoa entrar cada vez mais fundo na depressão.

Não queremos falar

Uma pessoa em depressão pode não querer falar sobre o que está acontecendo, ou até mesmo pode nem sequer entender o que está acontecendo, então não o force. As vezes o silêncio é a melhor companhia. Não nos deixe sozinhos, mas não nos faça falar, quando quisermos pode apostar que as palavras sairão sem ser pedidas. Fique ao nosso lado e procure dar apoio.

Não somos de vidro

É claro que as pessoas em depressão devem ser olhadas com mais atenção, devem ser privadas de algumas situações que possam expô-las a gatilhos que façam com que se sintam pior, mas não são de vidro, você não precisa escondê-la do mundo e protegê-la de todo o mal. Deixe que a vida vá fluindo…

Pequenos passos, grandes conquistas

Não espere que alguém em depressão vá aceitar seu convite para a balada, eu sei que foi feito com a melhor intenção, você só quer ver a pessoa bem em um ambiente divertido e descontraído, mas calma! Pequenas coisas já devem ser consideradas grandes vitórias! Que tal começar com um piquenique na garagem? Depois um jantar com a família? Depois sentar na varanda e olhar a rua, dar uma volta no quarteirão, levar o cachorro pro parque de manhã… Uma coisa de cada vez. A casa e a cama são o porto seguro de quem está em depressão, não queira afastá-lo assim de uma vez!

Endorfina!

Endorfina é uma substância natural produzida pelo cérebro durante e depois de uma atividade física, ela é responsável por liberar uma sensação de bem estar. A depressão mina a produção de endorfina no nosso corpo, então precisamos de estímulos exteriores que nos façam sentir esse bem estar. Nosso doce preferido, um filme, uma comédia, um stand up… Coisas pequenas e rápidas, porque uma pessoa com depressão muitas vezes não consegue se prender a algo por muito tempo.

Dê o ombro amigo

Deixe a pessoa chorar, não minimize o sofrimento de quem está em depressão, nada de falar que é preciso ver o lado bom da vida e todos esses conselhos prontos que ouvimos por aí. Diga que a vida tem picos, altos e baixos e que você estará lá em todos eles. Que a pessoa pode contar com você e que você irá respeitar esses momentos.

Fique atento!

Infelizmente sabemos que muitos casos de depressão terminam em suicídio. Você não precisa vigiar a pessoa 24 horas por dia, mas fique atento, normalmente a pessoa em depressão dá dicas do que fará e de como se sente, palavras e pensamentos relacionados à morte ou coisas como “seria tudo melhor se eu não existisse” são alertas e uma ajuda profissional é indispensável nessas horas!


Espero que esse post possa ajudar a todos que precisam lidar com alguém que se encontra em depressão, não é brincadeira, é uma doença séria e precisa de cuidados como qualquer outra. Devemos ser pacientes com quem está em uma situação dessas e sempre nos fazer presentes, dessa forma a pessoa sentirá o apoio que precisa e poderá começar a dar os passos certos em busca de uma melhora! ♥

Postado por Aime Reis

Também conhecida como: Klaryan. Tem vinte e alguns anos e é blogueira há 15, dona do Klaryan.com, mora sozinha, já morou em Portugal e ama escrever! Formada em Letras português/japonês/espanhol, sonha em ser poliglota, mas sempre esquece as palavras que estão na ponta da língua. Ama compartilhar aquilo que sabe e aprender sobre o que não sabe, pra compartilhar também...
07 de nov de 2015

A importância da Gratidão

“Gratidão não é apenas a mais rica das virtudes, mas sim a mãe de todas as outras”. Com essa frase do filósofo grego Cícero, abrimos a reflexão sobre a gratidão, um importante sentimento ao longo da história da humanidade em diversas culturas. O Budismo, por exemplo, considera a gratidão uma marca da humanidade, o que significa que tudo e todos neste mundo estão conectados, portanto, não existe ninguém e nada que não mereça nossa gratidão.

Fonte: @umcartao

Fonte: @umcartao

Expressar gratidão é mais do que apenas ser gentil. Para lutar contra o pessimismo, pensamentos ruins, baixa auto-estima, acho extremamente importante a gratidão. A gratidão nos liberta do isolamento, do orgulho, da inferioridade, do ciúme e do ressentimento. É um agente purificador que faz com que valorizemos mais o que possuímos e não fiquemos alimentando a ansiedade em torno daquilo que não temos. Pessoas gratas a seus parceiros românticos ou amigos tendem a ter relacionamentos mais satisfatórios, isso por que se sentem emocionalmente mais ligados e, consequentemente, têm menos atritos entre si.

Agradecer enche nossa alma de gratidão e a espalha no coração do outro.

Quando você aplica a ideia da gratidão à lei de Newton: toda ação do agradecer sempre causa uma reação oposta à reação do receber. E o que você receberá sempre será igual à quantidade de gratidão que você deu. Isso significa que toda ação de gratidão estabelece uma reação de receber! Ou seja: gratidão gera gratidão.

Mas, ser grato a quê? Provavelmente é o que você está se perguntando enquanto lê este texto. Isso é você quem vai dizer. Alguns serão gratos à Deus, outros à vida, alguns ao universo, já outros à natureza e até a uma pessoa. De início, agradeça às pessoas. Agradeça por um gesto de carinho, uma ajuda, um favor, um apoio, por um presente, por um elogio, por acreditar na gente, ou simplesmente pela presença em nossas vidas. Pode ser um amigo, um amor, alguém da família, um vizinho, um professor, um colega de trabalho, até um desconhecido. Fato é que muitas pessoas não sabem colocar em palavras toda a gratidão que sentem.

Na internet, podemos encontrar milhares de mensagens prontas de agradecimento. O que entendemos disso? As pessoas já sabem a importância de agradecer, mas talvez por insegurança ou medo de não escolher bem as palavras, recorrem a fórmulas prontas e mensagens padrão. Pois a nossa intenção aqui é derrubar esse mito: agradecer é necessário, mas o mais importante é a mensagem ser honesta e pessoal. Não exige formalidade, palavras bonitas, nem textos padrão. Precisa só de coração aberto e cheio de vontade de agradecer.

Postado por Carla Vieira

Uma paulista baixinha de 17 anos, ansiosa e determinada, que sonha alto demais. Sou uma rata de biblioteca, sinto a necessidade de viver outras histórias e poder entrar em um mundo que não é meu. Também amo escrever. Aqui no blog, irei mostrar a vocês a minha visão de mundo! Se quiser me acompanhe também pelo meu blog pessoal.
Página 3 de 121234567... 12Próximo