Categoria "Fotografia"
31 de jul de 2015

5 motivos para comprar uma lente 50mm

Acho que todo mundo já é careca de saber que a 50mm é a lente mais famosa da blogosfera #asblogueirapira. Todos falam mil maravilhas dessa lente, mas você sabe o porquê? Nesse post, vou te contar quais são os benefícios por trás da cinquentinha e uma novidade que muita gente ainda não sabe!

#1: grande abertura

Atualmente, a 50mm está disponível no mercado em três diferentes aberturas: f/1.8, f/1.4 e f/1.2 (quanto menor o número, maior é a abertura). A que estou falando especificamente é a f/1.8, que já é considerada uma boa abertura. Tá, mas e o que isso significa? Isso permite que entre uma maior quantidade de luz na sua fotografia e diminui a profundidade de campo (= quantidade do plano que está em foco), que na prática resulta no fundo desfocado que as blogueiras adoram! É graças a grande abertura que é possível também fazer o famoso efeito bokeh, quando as luzes fora de foco assumem formas geométricas.

50mm

#2: versatilidade

A utilidade da maioria das lentes de divide em lentes para retrato (teleobjetivas) e lentes para paisagem (grande angulares). A questão é que a 50mm não se encaixa bem em nenhuma categoria, não é nem grande angular e nem é tele, o que a torna uma lente muito versátil! É possível fazer de tudo com a cinquentinha.

50mm-3

50mm-2

#3: qualidade de imagem

Não sei se todos já tiveram a oportunidade de pegar a 50mm f/1.8 nas mãos, mas comparada a outras lentes, ela parece um brinquedo de criança. É pequena e de plástico, mas não é por ser mais simples que ela negue qualidade de imagem. Como qualquer lente grande angular, apresenta uma pequena distorção nos cantos, mas dificilmente vai entregar alguma aberração fotográfica como as cromáticas que são bem comuns.

#4: agora a 50mm é STM!

Esse era o ponto que queria chegar! A Canon lançou essa lente há 25 anos e somente agora em 2015 é que a marca trouxe uma atualização (diga-se de passagem totalmente necessária, tendo em vista que é uma das lentes mais famosas). O design foi todo repaginado, a cinquentinha não é mais de plástico e agora ela é STM. Ou seja, a nova lente tem um motor de foco super silencioso e rápido, o que é ótimo perfeito para quem grava vídeos e precisa de foco automático. Com essa atualização, a sua mesma lente que servia para fotografar looks agora serve também para gravação de vídeos!

#5: preço

E por último a cereja a bolo, o fator que torna essa lente uma das lentes mais populares do mercado e presente em todos os kits: o preço. A 50mm f/1.8 é a opção mais barata de lente com grande abertura, você a encontra por nada mais nada menos do que 125 dólares (B&H Photo Video)!

Vale a pena fazer a atualização? Eu diria que se você já tem a antiga 50mm e usa só para fotografar, não. A fórmula ótica é a mesma, os resultados da nova lente são os mesmos. Agora, se você tem blog e quer gravar vídeos ou já grava, eu recomendaria a compra. Como já disse, é uma lente extremamente barata que não vai te decepcionar e sendo STM ela abre a possibilidade de ser 2 em 1.


Eu já estou louca pra comprar a nova cinquentinha! E vocês? O que acharam dessa atualização? Acham que vale a pena? Contem nos comentários!

Postado por Dora Schmidt

Gaúcha, sagitariana, estudante de jornalismo, blogo no Parada Quinze. Amo fotografia (mais do que fotografar) e o impacto que ela é capaz de nos causar, marcando a sociedade e a história. Não abro mão da simplicidade de uma vida leve como Amélie Poulain e isso se reflete nas minhas fotografias.
06 de jul de 2015

Por que é importante creditar as fotos?

Nesse mundo tão vasto de blogs, trabalhamos diariamente com imagens, já que elas deixam o texto mais gostoso de ler e chamam a atenção dos leitores. Mas, não é todo mundo que pode comprar uma câmera profissional ou leva jeito pra fotografar. Por isso, algumas blogueiras optam por usar imagens de outras pessoas em seus posts. E não tem nada de errado nisso! O problema está em não dar créditos ao fotógrafo pelo trabalho dele que tanto te agradou – já que que com certeza você não usaria uma foto feia no seu blog, certo?
Só nós que trabalhamos com fotografia sabemos o quanto é difícil chegar aos resultados desejados. Um dia começamos do zero, sem saber nada sobre esse universo, e levam anos até começarmos a atingir um pouco do que queremos. É muito chato e desanimador encontrar nosso trabalho autoral, em qualquer lugar que seja, sem alguma sinalização de que aquilo tem um criador.

Foto: Roza

Por que isso é tão importante?

Vamos imaginar um compositor de músicas. Ele levou anos para melhorar sua escrita, precisou de talento para ter a criatividade que tem e leva horas ou até dias para criar uma música inteira. Um belo dia, um cantor lê aquela letra e resolve gravá-la. Mas, ele não pediu a permissão para esse compositor, apenas gravou e acabou fazendo sucesso. O compositor, desconhecido, não teve seu trabalho reconhecido e nem ganhou um centavo dos milhões que esse cantor recebeu sem ter trabalho algum e sem criar nada, apenas usou algo que já havia sido criado e chamou de seu. Isso é, de alguma forma, justo? Não. Então, por que seria justo roubar imagens sem ao menos creditar? Não é nenhum favor creditar as fotos, é a obrigação de quem está usando aquele trabalho.

Foto: Federica

E se eu encontrei a foto sem o nome do dono?

Isso não justifica a falta de créditos, porque estamos em 2015 e temos uma ferramenta maravilhosa no Google Imagens que permite descobrirmos em quais sites aquela imagem aparece, e assim, encontrar o dono dela! Não sabe como fazer isso? Então segue o passo-a-passo:

  1. Abra o Google.com e vá em “Imagens”
  2. Na barra de pesquisa, clique no ícone de câmera (print)
  3. Digite a url da imagem ou faça upload da mesma direto do seu computador

Assim que a pesquisa for concluída, aparecerá os sites que possuem aquela imagem no conteúdo. Possivelmente o site do autor também estará lá, é só procurar direitinho. Dica: a maioria das imagens de tumblr são do flickr, então se achar algum link de uma galeria de lá, aquele provavelmente é o autor da foto.

Foto: Donna

Nem assim encontrei, e agora?

Bom, agora a decisão é sua: usar uma foto que você não sabe de quem é, e correr o risco de um dia esse fotógrafo encontrar e ficar muito chateado (e até chegar a te processar, se ele for sem paciência) ou apenas não usar essa foto e tentar achar alguma outra. Existem tantas fotografias na internet que nem sei se é possível colocar isso em um número que eu tenha aprendido na escola. No flickr, por exemplo, as galerias em quase 99% das vezes são dos autores das fotos que estão lá, porque é uma rede social que a maioria dos fotógrafos utilizam para expor seu trabalho e lá você encontra uma infinidade de imagens maravilhosas com os créditos de fácil acesso. Basta procurar nos lugares certos, como em favoritos de galerias bonitinhas ou em grupos específicos que possuam o tipo de fotografia que você quer. Para melhorar o resultado da sua busca, tente termos em inglês!


Espero que esse post tenha sido útil e informativo. *u*
Creditar fotos não é favor, é obrigação. Lembrem-se disso e façam um fotógrafo talentoso mais feliz! ;)

Página 5 de 101 ...123456789... 10Próximo