03 de jul de 2015

Você conhece Alice?

Para quem não sabe, o famosíssimo livro do Lewis Carroll fará aniversário amanhã! Não é qualquer aniversário, mas é o seus 150 anos!

Comemoraremos tomando chás e jogando cartas, mas porque não assistir ou ler alguma das diversas versões da mesma história? Hoje, eu vou indicar para vocês as diversas adaptações que já tivemos da Alice e o país mais maluco que já existiu. Lembrando que indicarei versões diferentes das da Disney, porque todo mundo já conhece, né? 😉

Para quem não conhece: Alice’s Adventures in Wonderland

Oficialmente, um livro de criança e tem milhões de versões diferentes e lindas! O inglês é antigo, mas para os leitores experientes não vejo lá muitos motivos para terem dificuldades. Se você gosta desse mundo, porque não conhecer o original? Se conseguirem, leiam uma versão comentada do livro, porque tem muitas das analogias e piadas não são da nossa cultura nem do nosso tempo, que eu só vim a entender lendo uma versão que me explicasse elas.

 

Para os curiosos: The Story of Alice: Lewis Carroll and the Secret History of Wonderland

Esse livro conta a história por trás da história. Nele, vemos como o quieto acadêmico Charles Dodgson se tornou o aclamado Lewis Carroll, além de conhecermos a Alice Liddell e como o alter ego dela se tornou um livro aclamado. O livro ainda não tem versão em português (Alô, editoras!), mas para quem tiver curiosidade, o livro é bem completo.

 

 

Para os apaixonados: Once Upon a Time in Wonderland
 Para quem não conhece, Once Upon a Time é uma série ainda em andamento, contando como personagens de contos de fadas vieram parar no nosso mundo em uma cidade chamada Storybrooke e sem a menor ideia de quem realmente são. A série já teve personagens de diversos universos fictícios, como Oz e Arandelle (Frozen ♥), mas Wonderland em especial ganhou uma série para si. Nele acompanhamos como Alice se apaixonou por um gênio e sua luta para resgate-lo da Rainha vermelha e do Jafar (sim, o mesmo do Aladdin). A série é linda e possui 13 episódios (e está no Netflix ♥)

 

Para todas as idades: Alice in Wonderland (1985)
Essa adaptação foi o primeiro filme e o mais completo que eu já vi. Ele é antiguinho, mas muito bem feito para a época. O filme possui duas partes e eu já vi vendendo bem baratinho por aí (sabe aqueles DVDs de 10 reais? Então, já vi desses). Detalhes, as filmagens ocorreram em apenas 55 dias e ele foi passado na TV como um especial de final de ano que agradasse a família toda. Além da atriz principal ser a mesma que empresta a voz à Wendy no filme do Peter Pan ♥

 

 

Para os amantes de cinema: Alice in Wonderland (1999)
 Esse filme possui, no elenco, Ben Kingsley, Whoopi Goldberg (como o Gato de Cheshire!!!), Christopher Lloyd e muitos outros atores famosos. Ele ganhou 4 Emmys e efeitos especiais de filmes antigos. O filme é lindo e teve uma versão de aniversário relançada em 2010. Nele vemos partes dos dois livros da Alice misturadas com muitas magia e muitas lições adaptadas para a nossa cultura.

 

Espero que tenham gostado das indicações! Eu sou suspeita para falar isso, mas Alice é um dos meus livros favoritos e espero que essa história encante vocês tanto quanto me encanta até hoje.

Beijos!

Postado por Stephanie Cancado

Engenheira, viajante, leitora compulsiva, sonhadora, amante de fotografia e dona do Avec Snow. Possui uma lista de livros para serem lidos que nunca vai acabar e acredita que nenhum lugar do mundo é longe demais para se visitar. No fim das contas, é apenas uma garota com uma câmera e uma mochila cheia de livros.
22 de abr de 2015

Dos livros para a TV

Como todos sabem, em tempos de Guerra dos Tronos, virou moda transformar livros em séries. Hoje, estou aqui para mostrar alguns livros que viraram séries super-famosas (e que muita gente nem sabe que vieram de livros!). Vamos a eles?

The Vampire Diaries (Diários de um Vampiro)
A série já tem mais de 6 anos no ar e tem várias diferenças entre a série de livros e a de televisão. Os dois contam a história de Elena, uma humana que se apaixona por um vampiro, mas se sente muito atraída pela irmão do mesmo. A partir daí temos um triângulo amoroso sobrenatural. Eu sei que a história é clichê, mas acontece de tudo um pouco ao longo do tempo. Temos bruxas, lobisomens, os vampiros originais e muito mais além do romance.

A série fez tanto sucesso, que criaram um spin-off da mesma (que eu, particularmente, acho até melhor que a série original), chamado The Originals, focada nos vampiros originais (os primeiros que existiram no mundo).

Outlander
Esse livro foi lançado há tempos atrás e graças a série, que está fazendo o maior sucesso, voltou com tudo. Outlander conta a história de Claire, que, após trabalhar na Segunda Guerra Mundial como enfermeira, consegue reencontrar o marido para uma segunda lua de mel depois de tanto tempo separados. Durante sua viagem, Claire encosta em uma pedra e é transportada para 200 anos no passado, para uma Escócia em conflito com a Inglaterra. Ela agora tem que sobreviver nesse novo (ou velho?) tempo.

Assistam a série pela história ou pelo Jamie (confesso que eu assisto mais pelo Jamie 😉 ).

Under the Dome (O Domo, na TNT e Sob a Redoma, no título do livro)
Esse livro é do mestre Stephen King. É um dos maiores livros que eu já vi (em tamanho) e com uma história simples e original. O que aconteceria se um domo invisível e indestrutível isolasse uma cidade do resto do mundo? Existem intrigas políticas, falta de água e comida e além disso, descobrimos o passado de muita gente, já que, em uma cidade pequena e sem ter para onde correr, segredos não ficam secretos por muito tempo.

Além da história bem original, eu adoro os personagens e como tudo é imprevisível. Cada mistério é melhor do que o outro. A segunda temporada estreia nos Estados Unidos em Junho.

Pretty Little Liars (Maldosas)
Essa série é uma das mais conhecidas da lista e a que eu assisto a mais tempo. É uma mistura de Meninas Malvadas com Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado. A série de livros é enorme e, na televisão, cada temporada é melhor do que a outra.

Temos a história de Hanna, Aria, Spencer e Emily eram as melhores amigas de Alison. Durante o verão, um ano antes, ela desaparece sem deixar rastros, sem ela, as meninas passam a viver vidas separadas. O que volta a uni-las, é o fato de terem encontrado o corpo da amiga no mesmo dia em que elas recebem mensagens misteriosas anônimas de uma pessoa que parece saber todos os segredos delas. Quem é essa pessoa? O que aconteceu com Alison? A série ainda não respondeu todas as perguntas, mas a série de livros já acabou. Quem está curioso?

The 100
Esse é o meu favorito, admito. Esse é um exemplo de série que ficou melhor do que o livro (na minha opinião).

Em um futuro, a terra sofreu com uma guerra nuclear e o planeta não pode ser habitado por causa da radiação. A raça humana vive em uma grande arca no espaço, que começou a sofre com falta de suprimentos. Para testar se o planeta pode ser habitado de novo, a arca manda para lá 100 jovens deliquentes (ou algo assim). O problema? Além de tentar sobreviver sem as tecnologias e facilidades da arca, eles podem não estar sozinhos nesse planeta.

Extra: Shadowhunters
No ano que vem, lançará uma série inspirada nos livros de Cassandra Clare. A famosa coleção de livros, Os Instrumentos Mortais, que já tinha dado origem ao filme do primeiro livro, Cidade dos Ossos (que não agradou muita gente). Quem já está ansioso?

O livro conta a história de Clary, acidentalmente, ela descobre os Shadowhunters (e todo o seu mundo cheio de lobisomens, vampiros, bruxos etc) e, em menos de 24 horas, sua mãe é raptada e ela precisa salvá-la com ajuda desses estranhos.

Todos os livros citados possuem versão em português, já lançado no Brasil *u* .


 

Espero que vocês tenham gostado!

Alguém já assistiu alguma dessas séries? Qual a sua favorita?

Beijos!

Postado por Stephanie Cancado

Engenheira, viajante, leitora compulsiva, sonhadora, amante de fotografia e dona do Avec Snow. Possui uma lista de livros para serem lidos que nunca vai acabar e acredita que nenhum lugar do mundo é longe demais para se visitar. No fim das contas, é apenas uma garota com uma câmera e uma mochila cheia de livros.