08 de Maio de 2015

Fotografar em RAW ou JPG?

Oi, pessoal! Eu sou a Letícia Sally, dona do blog She and Sally. Para quem não sabe, eu sou fotógrafa e adoro compartilhar meus conhecimentos. Hoje eu vim responder uma dúvida terrível que pairava na minha mente quando eu comecei a fotografar e sei que fica martelando na cabeça de muita gente também! Fotografar em RAW ou em JPG? Qual a diferença? O que é um arquivo RAW e porque os fotógrafos só fotografam nesse formato?

São tantas perguntas, mas as respostas são simples e esclarecedoras! Vamos lá?

O que é um arquivo RAW?

O RAW é um formato digital de imagem, assim como o .jpg que todos nós conhecemos. A grande diferença é que o RAW é um arquivo sem processamento, como se fosse um “negativo” de filme, sabe? Isso significa que quando fotografamos neste formato, o arquivo que será gravado no seu cartão de memória será exatamente o que a sua câmera enxergou, com todos os detalhes. Já uma fotografia em .jpg é processada e comprimida pela câmera antes de ser gravada.

Gosto de comparar isso com arquivos musicais. Quem entende de música sabe que os áudios em .wav tem muito mais qualidade e detalhes que um áudio em .mp3, não é mesmo?

Qual é a vantagem de fotografar em RAW?

Como eu falei acima, esse tipo de arquivo é o mais fiel que sua câmera pode te proporcionar. O RAW te dá infinitas possibilidades de edição e tratamento de foto. Ele pode fazer com que você recupere fotos estouradas ou muito escuras sem perder qualidade.

Quando a foto é processada pela câmera e se transforma em .jpg, você não tem controle nenhum sobre esse processamento. Já um arquivo RAW pode ser processado da forma como você deseja.

E qual são as desvantagens deste formato?

Assim como tudo na vida, o RAW não é perfeito e algumas barreiras podem existir entre você e o queridinho dos fotógrafos. Como foi dito acima, um arquivo RAW não é um arquivo processado, ou seja, você não conseguirá jamais postar uma fotografia neste formato em nenhuma rede social.

Outra desvantagem é que esse tipo de arquivo pesa muito mais que um .jpg e ocupa bem mais espaço em disco. Fotógrafos não são nada sem seus inúmeros HDs externos, sabiam? hahaha!

Como eu processo uma foto em RAW para postar ou imprimir?

Para abrir fotos neste formato você vai precisar de um software que possa interpretá-las e transformá-las em arquivos aceitos pela plataforma que você deseja, ou seja, no final das contas ela vai se transformar em um .jpg, mas antes disso você teve o controle total daquela imagem e a processou como queria para que ela finalmente fosse exportada em formato .jpg. É como se você guardasse o negativo para quando precisasse revelar tudo novamente!

Como saber se devo fotografar em RAW ou JPG?

Bom, se você começou agora e não tem nenhum software para processar suas fotografias (Camera Raw, Adobe Lightroom, etc), fotografe na opção “RAW + JPG”. Todas as câmeras profissionais e semi profissionais dão esta opção! Assim você tem seu .jpg e pode guardar o RAW para quando precisar.

Curiosidade: A extensão do RAW em fotografias feitas com câmeras Canon é .CR2, já em fotografias feitas com câmeras da marca Nikon tem como extensão RAW o nome é .NEF.


Espero ter tirado as dúvidas de vocês e se algo não ficou tão claro assim, comente aqui embaixo que eu tento me redimir! Eu sei que é um assunto um tanto quanto confuso, mas um dia a gente se apaixona pelo RAW e nunca mais consegue fotografar em .jpg!

Um beijo e até a próxima! *u*