15 de abr de 2015

5 produtinhos práticos pra levar na bolsa

Oi, gente! Aqui é a Karen do blog Normalidade Incomum e hoje trouxe para vocês dicas daqueles produtinhos básicos pra levar na bolsa, que nos ajudam a ter um dia mais prático! Quer saber quais são? Vem comigo! *u*

1. CC Cream, para agilizar o processo

CC-Cream-Océane-Femme-Resenha-2

Fonte 1

 

Ninguém merece acordar cedo e ainda ter que se preocupar em aplicar: protetor solar, hidratante, base e corretivo, né? Para resolver tudo de uma vez, eu uso e recomendo esse CC Cream da Océane Femme (se quiser saber mais tem resenha aqui!), que é tudo isso e mais um pouco! Tem proteção de FPS 40, corrige imperfeições e deixa a pele pronta o dia todo ♥

2. Rímel, pra dar aquele “up” – e não seja difícil de tirar

maybelline mascara volume express

Fonte 2

Toda mulher que gosta de uma boa make quer cílios maiores e mais volumosos, né? Pra deixar os olhos lindos sem precisar de lápis eu sempre uso rímel! Indico os da da Océane Femme (resenha), o da Avon (resenha), ou o da DailusExtra Longo e Curvado (meu favorito!). Mas o mais fácil de retirar, sem dúvidas, é o Colossal da Maybelline: deixa os cílios volumosos e sai fácil com água quente, sem borrar nadinha!

3. Paleta de sombras neutras

paleta naked 2 e 3

Fonte 3

Mesmo pra quem não curte tanto usar sombras, é bom deixar uma paletinha neutra na bolsa, para o caso de um compromisso urgente. Eu sempre uso a 2 e a 3 da Naked, que comprei desses vendedores aqui e aqui no Aliexpress – e são idênticas às originais. As cores são lindas e combinam com tudo!

4. Um batom, que dure muito tempo

batom rosa marcante eudora

Fonte 4

Além dos batons líquidos matte (amo o Sissone, o Ballet e o Meia Ponta da Dailus), eu gosto de deixar na bolsa o Rosa Marcante, da Eudora (resenha), porque é lindo, não craquela e dura o dia todo sem ressecar os lábios! É o batom favorito da minha vida.

5. Shampoo seco para os dias de correria

resenha-shampoo-seco-Batiste-Dry-Shampoo-e-Dry-Conditioner-1

Fonte 5

E por último, meu queridinho dos últimos tempos! Durante a semana, quando chego muito tarde e não dá tempo de lavar os cabelos, eu sempre uso o shampoo seco da Batiste (resenha). Apesar de não segurar a oleosidade por taaanto tempo, ele mantém o cabelo sequinho e volumoso por algumas horas, sendo perfeito para quando saio do trabalho e já tenho algum evento à noite.


E aí, gostaram das minhas escolhas? Quais produtos vocês acham essenciais para levar na bolsa todos os dias? Comentem aqui embaixo, vamos trocar experiências! *u*

Lá no Normalidade Incomum e no meu canal do Youtube eu tenho mais um montão de outras dicas pra vocês! Beijos, Ka! ♥

20 de mar de 2015

Top 5: Livros para 2015

Olá leitores! Tudo bem com vocês? Eu sou a Ana e vou falar sobre uma das minhas maiores paixões: Literatura! Já de antemão eu aviso: Sou do tipo que lê de tudo, de Romance à Terror, passando pela fantasia, drama, distopia etc. E para apresentar à vocês, hoje eu selecionei 5 livros (de 5 categorias diferentes) que foram aclamados pelos críticos e que eu coloquei como meta ler durante 2015.

Espero que vocês possam apreciar essas escolhas e também se inspirar na criação de suas próprias listas. Porque afinal, o que vale mesmo é o prazer de ler, não importa que tipo de livro. *u*

5 livros pra 2015 CDB

5 livros para 2015

Fonte: Skoob

Silo:

Sinopse: “O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade? Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo.”

Muitos o consideram um livro extremamente tenso. Confesso que já o desejava desde o ano passado por inúmeras críticas positivas, mas as 513 páginas me assustavam um pouco. Não por achá-lo um livro grande demais (já li romances muito mais longos) mas sim pelo gênero. Apesar de ser uma grande fã de distopias e saber que seriam necessárias muitas páginas para dar lógica ao conteúdo, imaginei que seria uma leitura difícil. Mas me enganei, e em apenas um curto período de tempo dedicado a ele devorei mais de 100 páginas! É uma história muito interessante e a escrita do autor é impecável. O mistério e o suspense que giram em torno dos personagens são palpáveis e transmitem verdade ao leitor. Pretendo terminá-lo ainda esse mês.

Princesa Adormecida:

Sinopse: “Era uma vez uma princesa… Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário.”

Um clássico infantil agora ganha uma versão brasileira e totalmente repaginada… É claro que eu fiquei curiosa! Esse é um dos mais novos queridinhos dos fãs da autora Paula Pimenta e como eu venho querendo aumentar a quantidade de nacionais na minha estante optei por um gênero que eu normalmente não erro a mão. Ainda não iniciei a leitura mas pelo que dizem, o livro meio que sai do clichê e consegue surpreender os leitores, eu estou mega curiosa!

As Crônicas de Nárnia:

Sinopse: “Viagens ao fim do mundo, criaturas fantásticas e batalhas épicas entre o bem e o mal. Este livro apresenta as sete crônicas de Nárnia integralmente, num único volume. Os livros são apresentados de acordo com a ordem de preferência do autor, cada capítulo com uma ilustração do artista Pauline Baynes. As crônicas de Nárnia apresenta aventuras, personagens e fatos que falam aos leitores de todas as idades.”

Esse é um clássico da literatura infanto-juvenil, mas cá pra nós, quem nunca teve curiosidade quanto a esse mundo fantástico criado por C. S. Lewis ?  A trama foi escrita entre 1949 e 1954 e perdura até hoje. Certamente há um motivo para isso! Além da série de livros (que inicialmente era apenas um) essa história ganhou as telonas como muitos já sabem, e conquistaram o coração de jovens e adultos de todas as idades. Pra quem é fã de literatura fantástica essa é uma leitura obrigatória!

A Culpa é das Estrelas

Sinopse: “A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.”

Uma história que encantou o público tanto no meio literário quanto nas telonas. Após assistir ao filme foi impossível não me ver ansiosa por poder ler o livro que o inspirou e conhecer mais desses personagens tão cativantes (pois todos sabemos que há muito mais nos livros do que nos filmes). Foi emocionante, foi trágico, mas acima de tudo foi inspirador. Deste autor eu já li O Teorema Katherine e Cidades de Papel, e posso dizer com absoluta certeza que sua escrita é digna dos mais críticos leitores!

Resident Evil: A Conspiração Umbrella:

Sinopse: “Este livro é fundamental para os fãs de Resident Evil que desejam entender o incidente em Raccoon City, que teve início na fabulosa mansão Spencer. Usando como pano de fundo a história do primeiro jogo da série, S.D. Perry reconta os acontecimentos registrados nas montanhas Arklay, onde ocorrências de canibalismo assustam a população. A autora vai além da narrativa original e acrescenta momentos anteriores à missão dos S.T.A.R.S., com novas situações para envolver os leitores na busca por respostas aos casos bizarros que, de alguma forma, estão relacionados à corporação Umbrella.”

Quem aqui nunca ouviu falar em Resident Evil? Alguns conhecem os filmes, outros são Gamers compulsivos e outros ao menos uma vez, já ouviram alguém próximo comentar sobre. Enfim, o que importa é que uma das mais conhecidas histórias sobre zumbis além de ganhar as telonas e os vídeo games, também conquistou sua parcela de fãs no meio literário. Eu descobri isso a pouco tempo e fiquei eufórica com a possibilidade de poder adentrar ainda mais fundo no mundo da corporação Umbrella. São 7 volumes inspirados nos games (não tão fielmente) e que também inspiraram algumas cenas vividas nos filmes. É uma mistureba complicada mas que vale a pena pra quem é realmente fã, ou apenas tem curiosidade por conhecer outras histórias de zumbis.


Mas e aí, o que vocês acharam do post? Já fizeram suas listinhas para o ano de 2015 ou ainda estão decidindo? Que tal acrescentar um desses para que a gente possa debater e compartilhar nossas impressões… 😉

Abraços e até o próximo post!  *u*