11 de Maio de 2015

O bom da vida

Créditos: jill111

Créditos: jill111

O bom da vida é rir sem motivo. É dançar sua música preferida sem deixar que a vergonha impeça seus melhores (ou piores) movimentos. É acordar com o pé direito e emendar uma dança da vitória. É deixar que digam, que pensem que falem enquanto você vive, sonha, planeja e cumpre. É sair pela rua sem pressa de chegar. Entrar na chuva sem medo de se molhar. Bater um papo longo com sua criança interior e dizer pro velho ranzinza que assola sua alma que vá passear – e não volte mais. A vida não é fácil e todo mundo sabe disso. Mas não faça dela passeio de trem turístico. Não sente na janela e observe as maravilhas que ela oferece com cara de turista e câmera na mão. Salte do trem e vá viver. Toque, sinta, enxergue com os olhos da alma.

O bom da vida vem nos pequenos detalhes. Vem do sorriso de quem se ama. Vem dos acordes daquela melodia que te move. Vem do primeiro raio de sol que sai tímido pela manhã. Vem da lua imponente que ilumina o anoitecer. Daquela conquista tão esperada. Da notícia que enche os ouvidos, do doce que faz festa na boca e a cena que apaixona o olhar. De tudo que aguça os sentidos e toca o coração.

O bom da vida nem sempre chega rápido, nem sempre é tão nítido e muitas vezes vai te custar algum tempo pra enxergar. Mas às vezes vem de surpresa, tão de repente que te custa acreditar. Às vezes vem de mansinho, sereno, se esquivando pelas laterais até te dominar por completo. Te encher da mais pira alegria. Independente da situação, o importante é se permitir. Não se acomodar com o que se tem – principalmente se não te faz bem, e tentar.

Mesmo caindo, tente. Mesmo chorando, tente. Tente até cansar, e depois de cansar também. O pote de ouro só aparece pra aqueles que tem a audácia de seguir o arco-íris até o outro lado. Não tenha medo. E não se esqueça que o bom da vida é viver. Viver de verdade. Viver com coragem. E o melhor da vida é simplesmente se permitir, todos os dias, a alcançar a felicidade.

Postado por Daiany Gomes

21 anos, paulista e formada em marketing. Aos 9 escreveu uma peça de teatro sem nenhuma pretensão. De lá pra cá, nunca mais parou. Atriz de alma, escritora por paixão e ruiva de farmácia. Dona mais que orgulhosa do blog Bilhete da Garrafa. De vez em sempre, brinca com as palavras por aí.


  • Bela Hanajima

    Em 11.05.2015

    O bom da vida é viver! *-* Amei o post. <3

    Responder

  • Ohara

    Em 11.05.2015

    Nossa dai, texto muito lindo! acompanho o seu outro blog a algumas semanas e adoro seus textos.
    O engraçado é que vc e eu somos “diferentes”. sabe aquele texto que vc escreveu la no seu outro blog, “pelo direito de ser diferente”
    identifiquei com aquele texto pra caramba! assim como me identifico com todos os textos que vc escreve, seja aqui ou no seu outro blog. aqui nesse
    blog, acabei de chegar, mais amo textos assim q levam a reflexão e acaba que me identifico com todos. continue assim, escreva, escreva e escreva!

    Responder

  • Daiany Gomes

    maio 31st, 2015

    @Ohara,

    Responder

  • Daiany Gomes

    maio 31st, 2015

    @Ohara, que linda! Muito obrigada pelo carinho e por sempre acompanhar. Prometo aparecer mais no meu bloguito e por aqui você sempre vai poder conferir meus textos também ♥

    Responder

  • Ohara

    Em 11.05.2015

    A! e sempre que posso vou no seu blog, gosto de ler os textos novos e antigos também.

    Responder

  • Daiany Gomes

    Em 11.05.2015

    @Bela Hanajima, com certeza! E que lembremos disso todos os dias *o*

    Responder

  • Ohara

    Em 11.05.2015

    A! Eu vi o seu ultimo texto postado e aquele q vc explica seu sumiço do blog. não importa, vc pode largar o cdb, mais eu te abandonar no seu blog?
    nunca! eu posso não comentar la, mais sempre estarei te lendo quando pocível.
    Além de uma simples leitora que se identificam com seus textos, mais vc serve para mim como inspiração.
    Espero que essas palavras sirvam como apoio e insentivo para continuar escrevendo.

    Responder

  • Ohara

    Em 11.05.2015

    O bom da vida é viver e devemos aproveitar cada segundinho de vida! nê??^^
    bjo bjo bjo!

    Responder